Espiarright-arrowAdicionar à sacolaballon-iconbarra-codebox-iconcard-iconenvelope-iconorders-icontruckuser-iconblogfacebookinstagramtwitter
04/07/2022

Iluminação e Saúde Mental

Iluminação e Saúde Mental

 

Após a pandemia e com a implementação do home office as pessoas têm passado mais tempo em casa, o que trouxe uma atenção maior para os ambientes e como a configuração dos espaços impacta no dia a dia.

As cores e a disposição dos móveis podem causar sensações positivas ou negativas, o que faz com que a neurociência aplicada à arquitetura ganhe cada vez mais espaço.

Um lugar barulhento e bagunçado causa muito desconforto, e se for mal iluminado fica ainda pior. Por isso, com ou sem isolamento, com ou sem home office, é preciso ter uma luz agradável aos olhos, que não ofusque a visão, evitando danos físicos e que esteja de acordo com a tarefa que o indivíduo vá executar: trabalhar, cozinhar, ler, relaxar etc.”, Tamara Rigoni, neuropsicóloga.

Um ambiente bem iluminado está diretamente ligado á saúde mental, pesquisas demonstram que a má iluminação causa alteração de humor, dor de cabeça, uso de óculos e prejudica as atividades diárias alterando significativamente a qualidade de tempo em casa.

Além disso, iluminação é indispensável ao desenvolvimento das crianças e bem estar dos idosos, deve-se priorizar a luz solar com vitamina D, sendo complementada pela luz artificial.

A atenção com iluminação também deve ocorrer nas empresas, existem várias normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho sobre a aplicação da iluminação adequada no ambiente de trabalho.

Devemos aproveitar as ferramentas que temos para melhorar nossa rotina e deixar nossa casa confortável e agradável.